Friday, November 15, 2013

LEMag - Laboratory of Electromagnetics

 Laboratory of Electromagnetics at Universidade Federal do Pará (UFPA) has now a new website address:



 This site brings a publication repository among other contents such as simulation movies.


Regards.
Prof. Rodrigo M. S. de Oliveira


Sunday, October 20, 2013

How to find out from which Slackware package a specific file was installed from

OK. Suppose you need to know from which tgz / txz package the file..., say libIlmImf.so.6, was installed from (in a Slackware Linux system).

 Here it is:

        find /var/log/packages -type f | xargs grep -rl 'libIlmImf.so.6'

 Hope this helps.
 Regards, Rodrigo.

Friday, August 15, 2008

Modem HUAWEI E226 no Slackware Linux (TIM Web)




Via de regra, as operadoras de telefonia/internet não dão suporte ao Linux/BSDs... Isto é fato, infelizmente. Mas com boa vontade vamos contornando esses problemas... Aqui vão os passos necessários para fazer o modem HUAWEI E226 funcione no Slackware Linux com o serviço (TIM Web).


1 - Ao plugar o modem, o módulos módulos option e usbserial já devem estar carregados. Verifique isto com o comando lsmod. Se não estiverem ativados, ative-os com os comandos

modprobe usbserial
modprobe option

Quando o modem for plugado a uma porta USB, o mesmo deve estar associado ao dispositivo /dev/ttyUSB0.

Outros dois módulos que devem estar carregados são o ppp_generic e o ppp_async, relativos ao protocolo de comunicação. Os módulos podem ser carregados da seguinte forma:

modprobe ppp_generic
modprobe ppp_async

Lembre-se que os módulos podem ser carregados na inicializacão do sistema, descomentando as linhas correspondentes no arquivo /etc/rc.d/rc.modules .

2 - Abra o kppp. Nele, clique em Configurar... Em seguida, na aba Modems, clique em Novo. Configure da seguinte forma:




Observe que a string de inicialização 2 do Modem deve ficar assim:

AT+CGDCONT=1,"IP","tim.br"

Este é o segredo!

Desmarque a opção Esperar Tom de Discagem.


3 - Crie uma nova conta.

Os dados são os seguintes:
  • login: tim
  • senha: tim
  • telefone: *99***1#
  • autenticação: CHAP

4 -
Adicione os seguintes DNSs ao seu arquivo /etc/resolv.conf

nameserver 208.67.222.222
nameserver 208.67.222.220
nameserver 189.40.238.6
nameserver 200.149.55.140
nameserver 200.202.193.71


5 - Conecte-se e divirta-se!



O procedimento foi testado no Slackware 12.1 e no SLAMD 64 12.0. Porém, observe que as informações contidas aqui podem ser úteis para outras distribuições do Linux.

Abraços a todos!
Rodrigo M. S. de Oliveira.

Thursday, July 31, 2008

LANE divulga suas animações na internet

O LANE - Laboratório de análises numéricas em eletromagnetismo (UFPA), está divulgando vídeos que são resultados de simulações numéricas pelo método das diferenças finitas. As animações podem ser vistas no site http://www.lane.ufpa.br/videos.htm .

Saturday, January 12, 2008

Convertendo vídeos FLV (YouTube) em MPEG (Para ver no DVD Player)

Algumas vezes é interessante guardar em um CD vídeos raros que (possivelmente) só se encontram no YouTube. Porém, se for possível ver na sala, no DVD player, melhor ainda. Vamos ver como se faz isso no Linux (ou BSDs).

Primeiro, é preciso baixar um video do YouTube. Uma forma prática de fazer isso é usando o site YouTube Video Download Tool. Basta colar o link do YouTube e clicar em "Get Video". Salve o arquivo com a extensão .flv (flash video). Por exemplo, o arquivo poderia se chamar video.flv.

Para converter o arquivo para mpeg, uma possibilidade é usar o comando ffmpeg. Bastaria fazer o seguinte:

ffmpeg -i video.flv -s 320x240 -deinterlace -acodec mp2 -ab 128 -ar 44100 video.mpg

  • O parâmetro -s 320x240 apenas garante que as dimensões do video de saída sejam idênticas às do YouTube (evita distorções).
  • Já o -deinterlace garante que o vídeo tenha todas as linhas horizontais em todos os quadros (veja interlace).
  • Os parâmetros -acodec mp2 -ab 128 -ar 44100 garantem que o audio será reconhecido em todos os DVD Players, inclusive nos antigos, que não tocavam MP3.
  • video.mpg é o nome do arquivo de saída.

Com isso, tudo funcionou perfeitamente tanto no micro como no DVD Player.

A seguir disponibilizo um pequeno script em bash para converter uma seqüência de arquivos flv:

#!/bin/bash
mkdir mpg
for i in $( ls *.flv ); do
echo video: $i
ffmpeg -i $i -s 320x240 -deinterlace -acodec mp2 -ab 128 -ar 44100 mpg/$i.mpg
done

Quem quiser ver todas as opções do ffmpeg, pode fazê-lo aqui.

Para quem usa o rWindows, sugiro o VDownloader, que já vem com o ffmpeg integrado e faz a conversão usando apenas o mouse.

Mas para quem usa Linux, a linha de comando sempre é a melhor opção ;)


Sunday, April 01, 2007

Documentos no padrão ANBT com LaTeX no Slackware

Preparei um pacote tgz para o Slackware do software abnTeX para os que precisam gerar documentos no padrão ABNT de forma rápida e eficiente! O download pode ser feito aqui.

A Instalação deve ser feita de forma usual, com o comando installpkg abntex-0.8.2-noarch-1rdg.tgz.

Informações sobre o uso do abnTeX podem ser obtidas em seu site oficial.


Thursday, March 22, 2007

Lexmark E120 on Slackware Linux 10.2


E120 is a low cost Laser printer from Lexmark and, fortunately, it works perfectly on Slackware 10.2! This mini-howto is intended to help people to get it working in this system.



Some aspects must be taken into account:


1 - The UNIX drivers contained in the CD and available in the official website will not work (at least for me they did not);

2 - CUPS can print to E120 using the package Gutenprint 5.


So, all you must do is to install Gutenprint, which is available in slackware package browser site, and configure it. Follow the steps (as root):


1 - Install it with the command installpkg gutenprint-5.0.0-i486-2.tgz
2 - make sure CUPS server is running (use the command pkgtool)


3 - Turn the printer E120 on.

4 - Point a web browser to http://localhost:631 . You will see the CUPS administration tool.

5 - Click on the "Add Printer" button.

6 - Type a name for you printer (e.g. LexmarkE120) and click on the "Continue" button.

7 - Choose the device corresponding to your printer. Click on the "Continue" button once more.

8 - Now choose the proper driver for the printer, which is called "Lexmark Optra E". Click on "Continue".

That is it! It works like a charm and it becames available in KDE's Kprinter for straightforward printing! I hope this helps someone!

(This should work on Slackware 11. It has Gutenprint as part of the system).